Workshops e Palestras 

 (Atividades expositivas e práticas)

 

As inscrições para workshops já estão abertas - vagas limitadas.

 

Index (clique sobre o link para mais detalhes):


WS: Eletromiografia de Superfície - Bases fisiológicas, instrumentação e interpretação

Este workshop tem como objetivo apresentar os elementos fundamentais para a coleta e correta interpretação de sinais eletromiográficos detectados na superfície da pele, bem como suas potenciais aplicações em diversas disciplinas. A primeira parte do workshop será dedicada à apresentação das bases fisiológicas relativas aos sinais EMG e como tais sinais podem ser utilizados para interpretação da atividade de controle do sistema nervoso central sobre o músculo estriado em contrações voluntárias e involuntárias. Na segunda etapa apresentaremos os elementos que compõem um equipamento EMG típico e os diversos fatores intrínsecos e extrínsecos associados à captura e avaliação dos registros. Ao final, propõe-se um conjunto de experimentos em que realizaremos coletas de sinais EMG sob condições variadas para avaliar os efeitos da técnica de preparação da superfície, posicionamento de eletrodos, configuração do equipamento e seus efeitos na qualidade do sinal capturado.

Palestrantes:

Fausto Berzin, Dr.

Possui Graduação em Odontologia pela Universidade Estadual de Campinas (1966), Especialização em Anatomia pela Universidade de São Paulo (1970), Doutorado em Ciências pela Faculdade de Odontologia de Piracicaba (1974). Foi Professor Titular da Faculdade de Odontologia de Piracicaba-UNICAMP de 1966 a 2010. Atualmente é Professor Colaborador da Faculdade de Odontologia de Piracicaba-UNICAMP, Professor Convidado Senior da CAPES/MEC junto a Universidade Federal de Alfenas-MG, Assessor do Fundo de Apoio ao Ensino à Pesquisa, Assessor da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo e Assessor do CNPq. Na Pós-Graduação é pesquisador e Professor de eletromiografia e neurociências, do Programa de Biologia Buco-Dental-FOP. Foi um dos responsáveis na implantação de empresas fabricantes de equipamentos de Eletromiografia no país e de recentes Laboratórios de Pesquisa em Eletromiografia de seus ex-alunos. É Presidente da Sociedade Brasileira de Eletromiografia e Cinesiologia e seu fundador. Atuante nos Congressos da ISEK (International Society of Electromyography and Kinesiology), como Track-Chair de DTM no Congresso de Boston em 2004, Track-Chair de Postura e Chair da sessão Oral de Medicina Física e Reabilitação no Canadá, em 2008. Temas: Anatomia, Eletromiografia DTM. 

 

Alcimar Barbosa Soares, PhD

É Bacharel em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), 1987, Mestre em Engenharia Elétrica, UFU-1990 e PhD em Engenharia Biomédica pela University of Edinburgh, Reino Unido, 1997. Em 2014 realizou estágio pós-doutoral no Departamento de Engenharia Biomédica da Johns Hopkins University, EUA. Foi Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica da UFU de 2002 a 2004, Diretor da Faculdade de Engenharia Elétrica da UFU de 2004 a 2008, e Pró-Reitor de Pesquisa e Pós-graduação da UFU de 2008 a 2012. Foi também o presidente dos comitês para criação dos Cursos de Graduação e de Pós-graduação em Engenharia Biomédica da UFU em 2005 e 2012, respectivamente. Atualmente, é Professor Titular da UFU, Editor-Chefe do periódico Research on Biomedical Engineering e Editor Associado dos periódicos Medical & Biological Engineering & Computing, Journal of Biomedical Engineering and Biosciences e Innovative Biomedical Technologies and Health Care. É membro de várias sociedades científicas, dentre elas, IEEE Engineering in Medicine and Biology Society, Sociedade Brasileira de Engenharia Biomédica, Sociedade Brasileira de Eletromiografia e Cinesiologia, e International Society of Electromyography and Kinesiology. É Lider dos grupos de pesquisa CPTA (Centro de Pesquisas em Reabilitação e Tecnologias Assistivas) e ENBIO (Engenharia Biomédica UFU), cadastrados no Diretório dos Grupos de Pesquisa do Brasil, e Coordenador do Laboratório de Engenharia Biomédica da FEELT-UFU (www.biolab.eletrica.ufu.br).


P: Eletromiografia de Superfície - Normalização de Dados

Este palestra tratará dos princípios que abrangem os processos de normalização de sinais EMG, suas bases matemáticas, vantagens e dificuldades.

Palestrante: 

 

Mirian Hideko Nagae, Dra.

É graduada em Fonoaudiologia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP), 1988, possui mestrado (2005) e doutorado (2007) em Biologia Buco Dental pela Faculdade de Odontologia de Piracicaba da Universidade Estadual de Campinas (FOP/UNICAMP), é especialista em Motricidade Orofacial pelo Centro de Estudos em Fonoaudiologia Clinica - CEFAC/SP, 2007. Atualmente, é docente do Centro de Estudos em Pesquisa e Reabilitação (CEPRE) e do curso de Fonoaudiologia da Faculdade de Ciências Médicas (FCM) da UNICAMP, onde desenvolve atividades de ensino (graduação e pós-graduação), pesquisa e extensão (projetos integrados de pesquisa e intervenção, voltados para a área de Motricidade Orofacial e Eletromiografia). Tem como área básica a Motricidade Orofacial, centrada no estudo e intervenção clínica junto a crianças, adolescentes, adultos e idosos com comprometimentos orofaciais. Atua também na clínica e em pesquisas com eletromiografia de superfície, investigando os padrões de desvios funcionais do sistema estomatognático.


WS: Sistemas embarcados de alto desempenho para tratamento e processamento de sinais biomédicos - Plataformas ARM Cortex M e CMSIS-DSP

Sistemas embarcados começam a ser muito explorados em aplicações biomédicas e tendem a se expandir cada vez mais. Podemos citar, por exemplo, sistemas de controle de próteses de membros artificiais, controles de cadeiras de rodas inteligentes, tecnologias assistivas baseadas em exoesqueletos etc. Assim, o uso de dispositivos embarcados para coleta, tratamento e processamento de sinais em tempo real tem recebido cada vez mais atenção de empresas e laboratórios de pesquisa em todo mundo. Neste workshop focaremos nossa atenção nos dispositivos fabricados pela empresa ARM Holdings plc, em especial na linha de controladores Cortex M4 e M7. Além dos dispositivos, a ARM também disponibiliza um grande conjunto de funções para processamento de sinais, especificamente desenvolvida para  uso otimizado do processador Cortex. Funções matemáticas básicas, transformadas, filtros digitais, funções estatísticas e de interpolação são parte desse conjunto conhecido como CMSIS-DSP (Cortex Microcontroller Software Interface Standard - Digital Signal Processing). Nesse workshop, será apresentado o CMSIS-DSP através de exemplos aplicados ao processamento de sinais biomédicos, evidenciado a sua forma de uso e vantagens. Os participantes deverão implementar pequenos sistemas de processamento em tempo real em kits contendo os controladores Cortex M.

Pré-requisitos: Linguagem C, habilidade básica com microcontroladores, noções de processamento de sinais.

Referências:

[1] M. A. Wickert, "Using the ARM Cortex-M4 and the CMSIS-DSP library for teaching real-time DSP," 2015 IEEE Signal Processing and Signal Processing Education Workshop (SP/SPE), Salt Lake City, UT, 2015, pp. 283-288.

[2] Joseph Yiu, The Definitive Guide to ARM Cortex-M3 and Cortex-M4 Processors, Newnes:, 2013.

Palestrantes:

Marcelo Barros de Almeida, Dr.

Possui graduação em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal de Itajubá (1996), mestrado em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal de Minas Gerais (1998) e doutorado em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal de Minas Gerais (2002). Já atuou como professor titular no Centro Universitário Barão de Mauá e engenheiro de desenvolvimento eletrônico por vários anos. Também já foi gerente de produto. Tem experiência na área de Engenharia Elétrica, com ênfase em Eletrônica Industrial, Sistemas e Controles Eletrônicos, atuando principalmente nos seguintes temas: sistemas embarcados em geral, microcontroladores, redes de computadores, sistemas operacionais de tempo real, programação para sistemas embarcados e sistemas distribuídos. Atualmente é professor na faculdade de Engenharia Elétrica da Universidade Federal de Uberlândia.

 

Márcio José da Cunha, Dr.

Possui graduação em Análise de Sistemas pela Universidade Paulista (2000), mestrado em Engenharia Mecânica pela Universidade de São Paulo (2004) e doutorado em Engenharia Mecânica pela Universidade de São Paulo (2011). Atualmente é professor na Universidade Federal de Uberlândia, nos cursos de engenharia elétrica, controle e automação, computação, telecomunicações e biomédica. Tem experiência em Automação Industrial, atuando principalmente nos seguintes temas: redes industriais, programação embarcada industrial, mineração de dados, modelagem de sistemas dinâmicos, sistemas supervisórios, OPC, MES, PIMS, configuradores, lógica ladder, IoT para ambientes industriais.


P: Eletromiografia - Cuidados e preparação do ambiente de coleta

Esta palestra apresenta o tema "cuidados e preparação do ambiente de coleta eletromiográfica", onde abordaremos tópicos sobre iluminação do local, rede elétrica, gaiolas de Faraday, piso, interferências, ruídos, interface eletrodo-pele e cuidados com eletrodos. Por se tratar de um aparelho de alta sensibilidade para captação de sinais elétricos, o eletromiógrafo frequentemente recebe sinais oriundos de outras fontes externas, e não o sinal real da musculatura estudada. As informações adquiridas no curso são de grande valia para o profissional que irá realizar coletas eletromiográficas, controlando o ambiente de coleta evitando ruídos e interferências indesejáveis no sinal EMG.  Além da parte teórica, serão demonstrados alguns objetos e métodos para controle do ambiente de trabalho para realização de uma coleta eletromiográfica de qualidade.

Palestrante:

Fábio Teixeira Cardoso de Carvalho, MSc.

É graduado em odontologia pela Universidade José do Rosário Vellano (2007). É mestre em Biociências Aplicadas à Saúde, com concentração na área de Neurociência e Comportamento pela UNIFAL-MG (2014). Atuou como professor no Instituto Educacional META, de 2008 a 2011, como professor nas disciplinas de anatomia e fisiopatologia odontológica, escultura dental, noções de prótese sobre implante, radiologia odontológica, microbiologia básica e oral, controle de qualidade teórico e prático, recuperação e manutenção da saúde bucal, prevenção de cárie e doença periodontal. Atuou como professor no Instituto Federal do Sul de Minas (IFSULDEMINAS) (2014), no curso de Aconselhador em dependência química, pelo PRONATEC. Pesquisador do CEME (centro de microscopia eletrônica da UNIFESP) (2015). Doutorando pela FOP UNICAMP em biologia buco-dental com área de concentração em Anatomia. Atualmente é bolsista CAPES no programa PDSE, nível doutorado sanduíche na Faculdade de Motricidade Humana, ULISBOA (Universidade de Lisboa, Portugal). 


WS:Projeto de Equipagem Hospitalar - Do planejamento até a inauguração

Neste workshop os participantes conhecerão os principais desafios do projeto de equipagem, desde a fase da concepção, passando por toda a implantação até a inauguração do empreendimento hospitalar. Além disso, buscaremos obter uma visão geral da metodologia utilizada para cada etapa do projeto de equipagem, conhecendo ferramentas de gestão de projetos, gestão de aquisições e gestão de processos que são empregadas. Para cada tópico serão apresentados cases reais e, além disso, serão entregues modelos de ferramentas de gestão e controle utilizadas para cada situação. A proposta não é apenas alertar para a existência dos desafios, mas também ensinar como superá-los. Tópicos centrais a serem apresentados aos participantes: O projeto de equipagem – Conceituação; Concepção do projeto; PIES - Projeto de Investimento dos Equipamentos por Setor; PCE – Planejamento das Concorrências dos Equipamentos; Projetos das instalações e a sua compatibilização; Comitê de Incorporação; O “Iceberg” das aquisições e o Custo Total de Propriedade; 03 Diferentes metodologias de especificação, cotação e comparação; Processo de negociação; Documentação do processo; Etapa de pré-instalação; Etapa de recebimento, instalação e cadastramento; Etapa de treinamentos; O PGEQS – Programa de Gestão de Equipamentos em Saúde.

Palestrante:

Guilherme Xavier

Diretor Equipacare Engenharia

Engenheiro Clínico com experiência e interesses voltados para consultoria em Empreendimentos Hospitalares. Atua na Implantação e Gestão Tecnológica de Serviços de Saúde.

Especializações: dimensionamento, seleção, comparação, negociação, instalação, treinamento e gestão de Equipamentos Médico-hospitalares.